Busca
Menu
Busca
PUBLICIDADE

Com Clarice Niskier e Isio Ghelman, ‘Coração de Campanha’ mostra casal em crise durante a pandemia; temporada é presencial no CCBB

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Clarice Niskier e Ísio Ghelman vivem um casal em crise no espetáculo Fotos: Dalton Valério/Divulgação

Por mais que muita coisa já tenha sido flexibilizada desde o início da pandemia, aqueles que ainda obedecem aos protocolos de segurança e evitam aglomerações seguem passando mais tempo em casa do que o habitual, o que pode deixar as relações interpessoais mais instáveis. Segundo o Colégio Notarial do Brasil — Conselho Federal (CNB/CF), 43,8 mil processos de divórcio foram registrados nos cartórios brasileiros durante o segundo semestre de 2020. O número representa um aumento de 15% em relação ao mesmo período do ano anterior. E quando a arte decide tratar de temas contemporâneos, nascem espetáculos como “Coração de Campanha”.

Com texto e direção de Clarice Niskier, o drama conjugal, que estreia temporada presencial logo mais (às 18h), no CCBB, mostra um casal que, ao entrar em quarentena, se depara com uma baita crise e a consequente iminência de uma separação. De forma leve, mas comovente, a peça passa pelos mais diversos temas que podem cercar um casal em processo de ruptura em meio a uma pandemia: amizade, amor, sexo, casamento, envelhecimento, perdas, desilusões, dinheiro, sobrevivência, pandemia, transformações sociais e trabalhos on-line.

Em cena, Clarice forma um casal com Ísio Ghelman. Juntos há 25 anos, eles veem as coisas desandarem com a chegada da Covid-19, já que ela, uma atriz de teatro, fica sem trabalho, e ele, professor universitário, passa a ficar mais tempo em casa, o que faz com que os conflitos fiquem mais frequentes numa convivência horas a fio forçada. Fora isso, ainda está debaixo do mesmo teto o filho de 21 anos, que também viu os planos ruírem com a pandemia.

Dentro deste contexto, eles ainda tentam dar mais uma chance ao matrimônio, empurrando com a barriga de março a dezembro de 2020. Entretanto, chega o momento em que ele sai de casa, mas, curiosamente, não fica claro para ambos se ainda formam um casal. Como será a partir de agora?

A peça fala de temas pertinentes como amizade, amor, sexo, casamento, envelhecimento, perdas, desilusões e dinheiro

 

 

PUBLICIDADE

Leia Também

PUBLICIDADE
Assine nossa newsletter e receba todo o nosso conteúdo em seu e-mail.