Coronavírus: Cuidando do corpo e da mente em tempos de crise mundial

Luciana Kezen

Luciana Kezen

35 anos, bacharel em Artes Cênicas pela UNIRIO, licenciada em Letras pela Estácio de Sá, atriz, escritora, tradutora e ávida leitora nas horas vagas.

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Com a pandemia instalada no mundo, não temos como ignorar as mais
simples regras de distanciamento social. Eu, por exemplo, que trabalho grande parte do tempo de casa, notei um grande aumento de mensagens de amigos e familiares se preocupando com o bem estar alheio. Muitas vezes somos acometidos pelo desespero de escutar ou ler uma mensagem, e sem antes conferir a veracidade dos fatos, passamos logo adiante.

Cuidado!

Nesse momento único da história, temos que ter muito cuidado não só com o nosso corpo, mas também com a nossa mente. Prestar atenção nos alimentos que ingerimos é apenas uma parte das nossas preocupações. Não podemos esquecer do que consumimos intelectualmente também.

Inúmeras plataformas online estão liberando conteúdo gratuito para incentivar as pessoas a permanecer em casa. Fica até difícil escolher por onde começar, o que assistir, o que baixar, como aproveitar esse momento para uma melhora pessoal. Estamos vendo pelo mundo exemplos de solidariedade cada vez mais emocionantes e tocantes.

Já que nesse ano de 2020 mal posso seguir meus planos previamente
traçados, resolvi não focar nas resoluções de ano novo, mas em novas resoluções de quarentena. Como melhorar como pessoa? Como ser uma pessoa com quem eu gostaria de sair para bater um papo, ou passar algumas horas em uma ligação por telefone ou chamada de vídeo?

Momento de cuidar da mente (Reprodução/Internet)

Como aproveitar esse tempo, que não são férias, para adquirir algo para
sempre? Dentro de alguns anos, eu gostaria de poder responder a pergunta “o que você fez na quarentena de 2020?” com algo positivo.

Da mesma forma que os profissionais da saúde estão se voluntariando e
mostrando a nós que “o filho seu não foge a luta”, uma grande quantidade de artistas tem disponibilizado conteúdo para acalentar nossas mentes. Podemos encontrar facilmente grandes talentos lendo poemas de Shakespeare diariamente, músicos tocando online, atores realizando peças pela rede, e tantas outras disponibilizações de conteúdo para podermos acalentar nossos espíritos inquietos.

Podemos encontrar Fábio Assunção lendo poemas da Zélia Duncan e
Fernanda Young, em sua rede social. Maria Rezende, tendo sua temporada
encurtada no Laura Alvim, está fazendo sessões de seu monólogo “Mulher Multidão” online. Zeca Baleiro fazendo pocket shows de casa. Grandes Músicos Para Pequenos está com um canal no YouTube disponibilizando conteúdo exclusivo para famílias.

Tanto nossos artistas nacionais quanto internacionais estão disponibilizando seu tempo e arte para não “entrarmos em parafuso”. Muito obrigada aos profissionais que estão na linha de frente arriscando suas vidas para que eu possa ficar em casa. E também muito obrigada aos artistas que continuam a fazer sua arte onde quer que estejam.

Um aceno de mão efusivo, e até a próxima semana!
Dúvidas, críticas ou sugestões, envie para luciana.kezen@rioencena.com.

PUBLICIDADE
Scroll Up