Busca
Menu
Busca
PUBLICIDADE

Disponível em esquema on demand no YouTube, teatro-filme debate temas como redes sociais, autoaceitação e padrões pré-estabelecidos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Tempo estimado de leitura: 2 minutos
Após a estreia “Alethea Dreams” fica disponível em esquema on demand no YouTube até o fim do mês gratuitamente Foto: Jorge Nassarala/Divulgação

Em tempos de redes sociais, nunca foi tão fácil e tentador exibir-se. A exibição, no entanto, tem ligação íntima com a vaidade, o que pode desencadear problemas com identidade, autoaceitação e padrões pré-estabelecidos pela sociedade (e até por si próprio). Estas são algumas das temáticas abordadas em “Alethea Dreams”, filme-teatro que, após fazer sua estreia no YouTube no último sábado (09), segue até o fim do mês gratuitamente e em esquema on demand (ou seja, a pessoa assiste quando quiser) todos os dias no canal Arte Franco – confira o serviço completo no fim da página.

Espetáculo de teatro, mas com estrutura de produção cinematográfica (cerca de 30 profissionais estiveram envolvidos nas gravações realizadas num palco teatral), “Alethea Dreams” une no título a palavra “sonhos” em inglês e um termo que, na filosofia para os antigos gregos, designava, simultaneamente, a verdade e a realidade.

Na trama escrita por Rafael Souza-Ribeiro, uma empresária premiada e bem sucedida, mas passando por uma crise existencial, decide apelar para um controverso experimento. Seu objetivo é reprogramar a própria identidade a fim de superar o transtorno que não a permite se reconhecer no espelho.

Ao se submeter ao tal procedimento, porém, ela é levada a enfrentar consequências irreversíveis, através das quais percebe que a aparência física não é o único ponto de sua jornada em busca de mudanças.

Debates

Nos dias 14, 21 e 28 de outubro, às 20h, serão realizadas sessões especiais sucedidas de debates sobre os temas tratados na peça. Na mediação destes encontros virtuais, estarão mulheres influenciadoras, como uma educadora, uma escritora e uma ativista do movimento negro – saiba mais no serviço abaixo:

SERVIÇO

Local: YouTube – Canal Arte Franco | Sessões: Sábado (09/10) às 20h; após a estreia, o espetáculo fica disponível On Demand, 24h/dia, todos os dias da semana, até 31/10 | Temporada: 09/10a 31/10 | Elenco: Francine Flach, Henrique Manoel Pinho, Luciana Malavasi, Monique Franco e Sabrina Faerstein | Direção: Jorge Nassarala | Texto: Rafael Souza-Ribeiro | Classificação: 12 anos | Entrada: Gratuita | Gênero: drama | Duração: 60 minutos

Debates

14/10 – Mayte Carvalho, paulistana, autora do best-seller “Persuasão”. Diretora de estratégia de negócios na TBWA Los Angeles (uma das 5 maiores agências de publicidade do mundo), na Califórnia. Vencedora da edição especial de O Aprendiz. Foi eleita top 6 empreendedoras mulheres do Brasil com seu app Beleza de farmácia, que também alcançou o posto de número 1 na AppStore. Conquistou investimento anjo no Sharktank Brasil.

21/10 – Isabel Ramos, trabalha com Educadora Social de Teatro e preparadora corporal no Santuário Nacional de Aparecida. Raquel Carvalho, de Lorena, empresária há 8 anos no ramo da beleza, se especializou na Argentina e Estados Unidos.

28/10 – Kátia Campos, é ativista do movimento da mulher negra e periférica. Bianca Celoto, jornalista, pós-graduada em psicologia e coaching com mais de 13 anos de experiência em comunicação. Sócia-fundadora do Grupo Óh Quem Fala. Ambas são de Sorocaba.


EM CARTAZ: Confira a programação teatral do Rio

PUBLICIDADE

Leia Também

PUBLICIDADE
Assine nossa newsletter e receba todo o nosso conteúdo em seu e-mail.