‘Helena Blavatsky, a voz do silêncio’: solo sobre renomada escritora russa estreia temporada online em plataforma

Do Rio Encena

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

A atriz Beth Zalcman como Helena Blavatsky Foto: Daniel Castro/Divulgação

Se você se interessa por filosofia, curte ir ao teatro e (ainda) segue rigoroso com o isolamento social, “Helena Blavatsky, a voz do silêncio” pode ser uma excelente pedida. Primeiro texto teatral da filósofa Lucia Helena Galvão, o solo estreia temporada virtual na plataforma Zoom nesse domingo (18), às 19h30, compartilhando a vida e a obra da renomada escritora russa Helena Blavatsky (1831-1891). As sessões – que acontecerão também às terças – serão seguidas de um bate-papo com a autora, o diretor Luiz Antônio Rocha e a atriz Beth Zalcman sobre o legado deixado pela homenageada.

Com a proposta de levar o público a uma profunda reflexão sobre a busca do homem pelo conhecimento filosófico, espiritual e esotérico, a peça destaca como Helena viajou o mundo e acumulou conhecimento a ponto de influenciar uma lista respeitável de personalidades das mais variadas áreas de atuação. Entre elas, os cientistas Albert Einstein e Thomas Edison; o escritor Fernando Pessoa; os artistas Mondrian e Gauguin; o músico Mahler; além de pensadores como Gandhi.

E embora a personagem objeto de estudo tenha vivido no século XIX, Luiz Antônio Rocha afirma que o espetáculo pode conversar perfeitamente com o momento que a humanidade atravessa atualmente.

— Considerando que vivemos num período de caos mundial, no qual o fundamentalismo, as tecnologias e as crises políticas e climáticas do planeta invadem nossa dignidade com tanta violência, resgatar os pensamentos de Blavatsky é de extrema importância — afirma o diretor, completando: — Segundo Blavatsky, o universo é dirigido de dentro para fora, pois nenhum movimento ou mudança exterior do homem pode ter lugar no corpo externo se não for provocado por um impulso interno.

Além de ser a estreia de Lucia Helena Galvão – que é professora voluntária de filosofia na organização Nova Acrópole do Brasil há 30 anos – como dramaturga teatral, a montagem virtual marca também o reencontro profissional de Luiz Antônio e Beth. A dupla havia trabalhado junta em “Brimas”, que rendeu a ela uma indicação ao prêmio Shell de melhor texto.

SERVIÇO

Onde assistir: Plataforma Zoom
Sessões: Domingos às 20h30; terças às 19h30
Período: 18/10 a 10/11
Elenco: Beth Zalcman
Direção: Luiz Antônio Rocha
Texto: Lucia Helena Galvão
Classificação: 14 anos
Entrada: R$ 30 (em sympla.com.br)
Gênero: Solo biográfico
Duração: Não informada

PUBLICIDADE
Scroll Up