Live beneficente: em projeto promovido por teatros, artistas debatem o futuro do teatro no pós-pandemia

Do Rio Encena

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Paulo de Moraes, da Cia. Armazém de Teatro (E) e Eduardo Rios, da Barca dos Corações Partidos Fotos: Divulgação

Junto com a pandemia do novo coronavírus, tomou conta da sociedade uma apreensão por conta dos impactos econômicos em diversos setores. Mas o que tem se visto muito também são inúmeros gestos de solidariedade, onda na qual os teatros Riachuelo Rio e Prudential decidiram embarcar ao se unirem pela campanha beneficente “Despertar da Empatia”. Entre as atrações, estão lives realizadas às terças e quintas com artistas debatendo sobre temas pertinentes a linguagens artísticas. E para esta terça-feira (26), os convidados são Eduardo Rios, da Companhia Barca dos Corações Partidos, e Paulo de Moraes, da Companhia Armazém de Teatro, que vão falar sobre processo de criação coletiva, bastidores de uma cia. teatral e o futuro das artes cênicas pós-pandemia. O bate papo começa às 20h e será transmitido nas páginas dos teatros no Instagram.

Já para contribuir, é necessário acessar a página da campanha nos sites do Riachuelo Rio (aqui) ou do Prudential (aqui). Lá, estão informações e dados bancários para as doações. Com os recursos arrecadados, serão repassadas cestas básicas para a instituição “Luz dos Povos”, que atende a mais de cem crianças na Grande Tijuca, Zona Norte da capital fluminense.

Além das conversas online, está confirmado ainda o lançamento de uma canção inédita composta especialmente para a campanha. A Banda Tuim, parceira dos teatros na empreitada, vai lançar no próximo dia 29, nas rádios e em plataformas digitais, a música “Ei, você tá aí?”, que fala sobre generosidade, esperança, saudade e empatia durante a quarentena. A faixa foi produzida com cada integrante do grupo, Felipe Habib e Paula Raia, em suas casas. O intuito é mostrar que é possível fazer arte mesmo com o isolamento social.

PROGRAMAÇÃO

28/05 – quinta-feira – MÚSICA / SAMBA -Pedro Miranda e Teresa Cristina
As rodas de samba no Rio de Janeiro, sua história e significado para a cultura popular brasileira

02/06 – terça-feira – DANÇA- Dalal Achcar e Alex Neoral
O encontro do Clássico e do Contemporâneo

04/06 – quinta-feira – DRAMATURGIA – Geraldinho Carneiro e Bruce Gomlevsky
O Teatro como instrumento transformador da sociedade

09/06 – terça-feira – MÚSICA – Pedro Luiz e Jade Beraldo
A musica como linguagem universal e sua importância na história da humanidade.

* Nomes e datas sujeitos a alteração

PUBLICIDADE
Scroll Up