Morre o ator Léo Rosa, aos 37 anos, após longa luta contra câncer

Do Rio Encena

Tempo estimado de leitura: < 1 minuto

O ator lutava contra a doença desde 2017 (Divulgação/Instagram)

Morreu nesta terça-feira (09) o ator Léo Rosa. Aos 37 anos, ele lutava havia três contra um câncer nos testículos, que evoluíra para uma metástase. Até o fechamento desta nota, ainda não tinham sido divulgadas informações sobre velório e sepultamento.

No teatro, o gaúcho Leonardo Rosa da Silva integrou o elenco de espetáculos como “Mundos por Descobrir” (2005), “No Tempo do Guaraná com Rolha” (2006), “Escola de Moliéres” (2010) e “Bruta Flor” (2016), entre outros. Seu último trabalho nos palcos foi uma temporada de “Se Eu Fosse Sylvia P.” (2017) no Teatro Municipal Café Pequeno, ao lado de Alessandra Gelio e Téia Kane.

Na TV, esteve na novela “Amor de Mãe” (TV Globo), que foi interrompidas no ano passado por conta da pandemia, mas que já vai voltar ao ar nos próximos dias. Ele inclusive fez uma postagem em seu Instagram em 1º de março celebrando a retomada das gravações.

“Voltar a trabalhar, pisar no estado de cena de novo, que desafio! Muito amor por cada carinho recebido”, postou.

Léo Rosa foi diagnosticado em 2017 com o câncer nos testículos, que se espalhou para outras partes do corpo.Além da quimioterapia, o ator recorreu a tratamentos alternativos e também lançou uma campanha de vaquinha virtual na Internet, em 2019, para arrecadar R$ 180 mil, a fim de custear as despesas de um outro método médico no México e nos Estados Unidos.

PUBLICIDADE
Scroll Up