Oficina online e gratuita discute as principais manifestações teatrais do século XX; saiba como participar

Julio Luz*

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

O objetivo da oficina é levar ao participante as principais manifestações teatrais do século XX (deposiphotos.com)

O diretor e professor Júlio Luz ministrará entre os dias 05 a 26 de março de 2021, sempre às sextas das 19h30 às 21h30, a oficina Caminhos da Encenação Moderna, por meio de videoconferência na Sympla Streaming (Beta). Os interessados já podem se inscrever – veja como no fim da página.

A iniciativa – aberta a toda sociedade – faz parte da Lei Aldir Blanc, através Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro.

A oficina Caminhos da Encenação Moderna tem como objetivo principal familiarizar o participante com as principais manifestações teatrais do século XX, utilizando o estudo da História do Teatro e da Dramaturgia para discutir o fazer teatral e suas questões estéticas fundamentais, propiciando o entendimento da Encenação Moderna e Encenadores mais importantes do século XX.

Conteúdo Programático

Aula 01 (05/03)
Encenação Moderna – Principais conceitos
O encenador é o gerador da unidade, da coesão interna e da dinâmica da realização cênica. É ele quem determina e mostra os laços que interligam cenários e personagens, objetos e discursos, luzes e gestos.

Aula 02 (12/03)
Bertolt Brecht e o Teatro Épico
Brecht é um dos escritores fundamentais do século XX: por ter revolucionado teórica e praticamente a dramaturgia e o espetáculo teatral, alterando de forma irreversível a função e o sentido social do teatro, utilizando a arte, concebida como resultado de um processo de criação coletivo. (Fernando Peixoto)

Aula 03 (19/03)
Artaud e o Teatro da Crueldade
A visão artaudiana é a de um teatro não apenas libertado da literatura e da psicologia, mas que reencontraria a essência mágica de uma linguagem de signos que se integram, reconciliando, enfim, o corpo e o espírito, o abstrato e o concreto, o homem e o universo.

Aula 04 (26/03)
Grotowski e o Teatro Pobre
Grotowski elaborou um treinamento, como exercício continuado, cotidiano e personalizado para o ator. Sua proposta de uma ética do ator como sujeito de experiências autênticas.

Mais sobre o professor, diretor, produtor e ator Júlio Luz
No mercado há 21 anos. Formado em Licenciatura em Teatro pela Universidade Estácio de Sá. No momento cursando Licenciatura em História na Universidade Estácio de Sá. Coordenou ve lecionou na Casa Aguinaldo Silva de Artes (SP e RJ), no curso de Atuação – Módulo Básico e leciona na Sede da Cia de Teatro Contemporâneo nas disciplinas: História do Teatro Mundial e História do Teatro Brasileiro. Durante 05 anos (2012 a 2016), lecionou o curso Assistente de Produção Cultural, na Faetec, nas EATs – Escola de Artes Técnicas, unidades: Luis Carlos Ripper e Paulo Falcão. Durante 03 anos (2015 a 2017), lecionou curso livre de teatro para Adultos, Jovens e Crianças, no Teatro Armando Gonzaga.

SERVIÇO
Quando: 05 a 26 de março de 2021.
Aulas: Sextas entre 19h30 e 21h30
Classificação Etária: 18 anos
Participação: Gratuita INCREVA-SE AQUI

Referências Bibliográficas
ROUBINE, Jean-Jacques. Linguagem da encenação teatral. Rio de Janeiro: J. Zahar, 1998.
ROUBINE, Jean-Jacques. Introdução às grandes teorias do teatro. Rio de Janeiro: J. Zahar, 2003.

*Todo o conteúdo é de total responsabilidade do anunciante

PUBLICIDADE
Scroll Up