Busca
Menu
Busca
PUBLICIDADE

Oi Futuro: público vai poder voltar a assistir a um espetáculo no centro cultural, mas não no teatro e nem ao vivo; entenda

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Tempo estimado de leitura: 3 minutos
A atriz Verônica Bonfim é a protagonista e idealizadora do musical infantil “A Menina Akili” Foto: Juliana Varajão/Divulgação

RIO – O teatro do Centro Cultural Oi Futuro, no Flamengo, está entre os poucos privados do Rio de Janeiro que ainda não reabriram suas portas ao público, apesar deste momento de retomada teatral, em que a vacinação avança e os números da pandemia demonstram queda. Nesse fim de semana, até vai acontecer no centro cultural a estreia do infantil “A menina Akili e seu tambor falante – o musical”, mas a sala vai continuar com suas poltronas e palco vazios. Vamos à explicação…

O espetáculo protagonizado e idealizado pela atriz Verônica Bonfim faz sua estreia ao vivo, às 16h desse sábado (16), direto do teatro do Oi Futuro, porém, somente com transmissão pelo canal do centro cultural no YouTube. Já a partir de domingo (17), esta apresentação, que terá sido filmada, passará a ser exibida nos fins de semana, às 16h e às 18h, num telão instalado no bistrô do espaço – a entrada, para apenas 12 pessoas, será permitida somente para quem tiver feito uma reserva na plataforma Sympla e portar o comprovante de vacinação.

Já quem não tiver assistido à estreia ao vivo e preferir não se deslocar até o local, poderá conferir a peça pelo próprio canal do Oi Futuro, aos sábados e domingos, às 16h. O RIO ENCENA entrou em contato com o Oi Futuro para perguntar se há previsão para a retomada da programação teatral com público e atores presencialmente, mas não houve retorno até o fechamento desta matéria.

O espetáculo

“A menina Akili e seu tambor falante – o musical” é uma adaptação teatral do livro homônimo da própria Verônica Bonfim, lançado em 2016 pela Editora Nandyala Livros. A trama, que fala de amor, afeto, amizade, laços e valorização do feminino, é protagonizada por Akili, uma menina africana que não desgruda de Aláfia, um tambor falante que é seu melhor amigo. Juntos, eles vivem numa pequena aldeia, onde ela sonha em ser Griote, uma contadora de histórias e guardiã da tradição oral do seu povo.

E ao pensar a história, Verônica quis valorizar exatamente a ancestralidade e os valores civilizatórios africanos. Assim ela retrata o continente de maneira positiva, com riquezas e pluralidade de povos, línguas e cores. Tudo partindo de uma menina que ela conheceu há sete anos.

— O livro foi escrito para ser um musical desde a sua concepção inicial, em 2014, quando brincava com Akili, a neta do cientista social e escritor Dr. Carlos Moore, um grande amigo e uma das maiores referências no combate ao racismo no mundo. Ela foi minha inspiração quando tinha dois anos e hoje, aos nove, leu o roteiro, sugeriu coisas e amou tudo — destaca.

No entanto, é bom ressaltar que o tambor Aláfia não é um simples coadjuvante só porque foi Akili quem inspirou Verônica no livro e na peça – que por ter um instrumento musical como personagem, é recheada de músicas.

— É ele quem anuncia a partida e a chegada, quem nos leva de volta para casa, seja na Bahia, Minas Gerais, Cuba ou África… O tambor que foi “demonizado” na cultura ocidental, recebe na história o status que merece. Pulsando as batidas do coração, ele é um guia da menina Akili e é tocado por várias mulheres durante o espetáculo, pois também quero trazer essa discussão: o lugar de meninas e mulheres é onde elas quiserem, inclusive tocando tambor. É um espetáculo feminino, onde a matripotência é representada por todas as mulheres que estão em cena — completa.

SERVIÇO

Local: Centro Cultural Oi Futuro / YouTube – Canal Oi Futuro | Endereço: Rua 2 de dezembro, 63 – Flamengo. | Sessões: Sábado e domingo às 14h e às 16h (dia 16/10, sessão ao vivo às 16h e somente pelo YouTube) (pelo YouTube, somente às 16h) | Temporada: 17/10 a 27/11 | Elenco: Verônica Bonfim | Direção: Rodrigo França | Texto: Verônica Bonfim | Classificação: Livre | Entrada: Gratuita | Bilheteria: O agendamento para ida ao bistrô deve ser feito na plataforma Sympla | Gênero: Musical infantil, Musical | Duração: Não informada | Capacidade: Não informada


EM CARTAZ: Confira a programação teatral do Rio

PUBLICIDADE

Leia Também

PUBLICIDADE
Assine nossa newsletter e receba todo o nosso conteúdo em seu e-mail.