Prêmio Aptr: ‘A Cor Púrpura’ domina cerimônia virtual com cinco troféus; veja lista completa de vencedores

Do Rio Encena

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Tadeu Aguiar (de xadrez) discursa pelo prêmio de Melhor Espetáculo para “A Cor Púrpura” (Reprodução/YouTube)

O musical “A Cor Púrpura”, inspirado em livro sobre igualdade de gêneros, chegou à 14ª edição do Prêmio Aptr (Associação dos Produtores de Teatro do Rio) com o maior número de indicações – 11 no total – e acabou confirmando o favoritismo ao sair como o maior vencedor da noite. Na cerimônia apresentada nesta quarta-feira (01) pela dupla Miguel Falabella e Maria Padilha – que precisou ser virtual com transmissão no YouTube devido à pandemia de Covid-19 – o espetáculo faturou o troféu em cinco das 15 categorias, inclusive a de Melhor Espetáculo – que dividiu com “Estado de Sítio” – confira no fim da página o vídeo com a premiação e a relação completa de vencedores.

Após o anúncio de que o musical havia sido escolhido a melhor peça – pelo júri formado por ia Radunsky, Carmen Luz, Daniel Schenker, Lionel Fischer, Macksen Luiz, Maria Siman, Rafael Teixeira, Rodrigo Fonseca, Tânia Brandão, Wagner Correa, além da comissão organizadora – dentre as apresentadas em 2019, o diretor Tadeu Aguiar enalteceu o trabalho em conjunto na produção.

— Agradeço a todos. Sem todos vocês, esse espetáculo não seria possível – ressaltou o diretor, que na sua categoria, viu Miwa Yanagizawa (“Nastácia”) e Rodrigo Portella (“As Crianças”) saírem vencedores num dos cinco empates da disputa.

Ainda sobre o discurso de Tadeu Aguiar, problemas técnicos ocorreram no dele e o de todos os outros vencedores – a maioria com críticas ao tratamento dado por administrações públicas à cultura e preces para que a pandemia passe logo. Por vezes, foi possível ouvir “vazar” o áudio de profissionais da produção, além de um longo delay (atraso na entrega do áudio). Nada, porém, que comprometesse a cerimônia, que, aliás, começou de forma emocionante.

A apresentação da premiação foi de Maria Padilha de Miguel Falabella (Reprodução/YouTube)

Fernanda Montenegro gravou um vídeo para anunciar a estreia de uma nova categoria, a Jovem Talento, que passará a contemplar artistas iniciantes. O prêmio se chama Troféu Manoela Pinto Guimarães, em homenagem à atriz mirim falecida em 2019, vítima de câncer.

Depois do anúncio de Rafael Telles (“O Despertar da Primavera”) como ganhador da Jovem Talento, começou a sequência de anúncios de vencedores, que laureou ainda outras oito produções. A entrega dos troféus – que, na verdade, acontecerá de fato nessa quinta (02), já que houve uma greve dos entregadores de aplicativo – só foi interrompida para o tributo a Ney Latorraca, grande homenageado deste ano.

Ney Latorraca foi o grande homenageado deste ano (Reprodução/YouTube)

— Faço tudo para ganhar o prêmio, quase mendigo… — brincou o veterano ator, que também fez um minuto (literalmente!) de silêncio pelas vítimas do novo coronavírus antes de completar: – Estou muito feliz. Obrigado!

Além do minuto de silêncio de Ney e da homenagem a Manoela Pinto Guimarães, outros momentos emocionantes da festa online foram o discurso de Rodrigo França, representando o Movimento Teatro Negro do Rio, vencedor da categoria Especial, e a tradicional lembrança aos artistas que partiram nos últimos meses. Entre os lembrados, Aldir Blanc, Daniel Azulay, Dayse Lúcidy, Flávio Migliaccio, Fernanda Young, Jesus Chediak, João Carlos, Barroso, Jorge Fernando, Maurício Sherman, Moraes Moreira, Ruth de Souza.

Rodrigo França discursa após categoria Especial premiar o Movimento Teatro Negro do Rio (Reprodução/YouTube)

Solidariedade

Ao longo da transmissão, tantos apresentadores, quanto vencedores lembraram a campanha da Aptr que vem auxiliando trabalhadores de teatro sem renda durante o isolamento social. Até o momento, mais de 1 mil profissionais já receberam um VR (vale-refeição) no valor de R$ 500, mas o projeto ocntinua. Inclusive, um QR para direcionamento para a doação foi exibido durante a premiação.

Para colaborar, é possível fazer um depósito, de qualquer valor, na seguinte conta bancária: Banco Itaú – Agência: 0272 – Conta: 71215-9 – CNPJ: 05.850.175/0001-01. Em seguida, a Aptr pede que os colaboradores enviem o comprovante para o e-mail deposito.campanha.aptr@gmail.com informando se a doação é anônima ou pública. Todo o recurso arrecadado é revertido em VRs.

LISTA DE VENCEDORES

Jovem Talento
Rafael Telles por “O Despertar da Primavera”

Música
Cesar Lira e André Muato por “Oboró – Masculnidades Negras”

Iluminação
Anna Turra, Camila Schimidt e Rogério Velloso por “Merlin e Arthur – Um Sonho de Liberdade”
Renato Machado por “3 Maneiras de Tocar no Assunto”

Direção de Movimento
Sueli Guerra por “A Cor Púrpura – O Musical”
Valéria Monã por “Oboró – Masculnidades Negras”

Figurino
Gabriel Vilella por “Estado de Sítio”

Cenografia
Ronaldo Fraga por “Nastácia”

Atriz em papel coadjuvante
Patrícia Selonk por “Angels in America”

Ator em papel coadjuvante
Alan Rocha por “A Cor Púrpura – O Musical”

Direção
Miwa Yanagizawa por “Nastácia”
Rodrigo Portella por “As Crianças”

Autor
Leonardo Netto por “3 Maneiras de Tocar no Assunto”

Atriz protagonista
Analu Prestes por “As Crianças”
Letícia Soares por “A Cor Púrpura – O Musical”

Ator protagonista
Gilberto Gawronski por “A Ira de Narciso”

Especial
Movimento Teatro Negro do Rio de Janeiro

Espetáculo
“A Cor Púrpura – O Musical”
“Estado de Sítio”

Produção
“A Cor Púrpura – O Musical”

PUBLICIDADE
Scroll Up