Busca
Menu
Busca
PUBLICIDADE

Susana Vieira volta aos palcos do Rio com temporada do solo ‘Uma Shirley Qualquer’, que marca a reabertura do Teatro XP Investimentos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Tempo estimado de leitura: 2 minutos
Susana Vieira estreou “Uma Shirley Qualquer” no Rio de Janeiro em 2016 Foto: Valentino Mello/Divulgação

RIO – O Teatro XP Investimentos (antigo Teatro do Jockey, na Gávea) entrou na fila de salas que estão retomando suas atividades em meio à pandemia. E a reabertura – que ocorre após um ano e meio de fechamento – terá como protagonista ninguém menos que Susana Vieira! No dia 1º de outubro, reestreia o solo “Uma Shirley Qualquer”, solo encenado como um grito feminino contra a opressão e a indiferença, que a atriz havia estreado no Rio de Janeiro em 2016 – e que foi seu último trabalho nos palcos, inclusive.

A nova temporada do monólogo – que marca também os 60 anos de carreira de Susana – tem direção de Tadeu Aguiar, substituto na função de Miguel Falabella, que agora assina apenas a versão brasileira do texto original do dramaturgo, letrista e compositor inglês Willy Russel. A propósito, a obra, escrita em 1986, já foi apresentada no cinema (com Pauline Collins omo protagonista) e mais de uma vez no teatro brasileiro, tendo Renata Sorrah e Betty Faria no papel-título.

Shirley é casada e tem dois filhos, mas, mesmo assim, se sente só. Mas depois do convite de uma amiga para uma viagem à Grécia, ela passa a ter um outra visão do mundo e de si mesma. Assim, ela começa a se desfazer daquilo que o título da peça sugere, de ser uma “Shirley qualquer”, uma mulher tomada por situações cotidianas, que serve ao marido controlador e aos filhos que só a procuram quando estão encrencados.

EM CARTAZ: Confira a programação teatral (presencial e online) do Rio

Já na viagem pela Grécia, o que a personagem quer é se reencontrar com a menina sonhadora e cheia de vida que já fora um dia.

— Quando Miguel me entregou o texto, fiquei encantada, fascinada pelo humor da personagem, pela força e coragem que ela tem de ir atrás da felicidade. Shirley vai à luta. Todas nós mulheres temos várias coisas dela, por mais diferentes que possamos ser — conta Susana, enfatizando a capacidade de identificação que o solo pode ter sobre os espectadores.

A atriz – que em fevereiro de 2022, seguirá com o espetáculo para Portugal – destaca ainda que, enquanto a personagem vê as paredes como confidentes, ela tem os espectadores.

— É um monólogo, mas não me vejo sozinha em cena. Somos o público e eu — complementa.

SERVIÇO

Local: Teatro XP Investimentos | Endereço: Avenida Bartolomeu Mitre, Nº 1.110 – Leblon. | Telefone: (21) 3807-1110 | Sessões: Sextas e sábados às 21h; domingos às 19h | Temporada: 01/10 a 31/10 | Elenco: Susana Vieira | Direção: Tadeu Aguiar | Texto: Willy Russel (versão brasileira de Miguel Falabella) | Classificação: 12 anos | Entrada: R$ 100 (inteira); R$ 50 (meia) | Bilheteria: Não informada | Gênero: comedia, drama, Drama cômico | Duração: 70 minutos | Capacidade: Não informada


OPINIÃO: Leia a crítica da Luciana Kezen sobre a comédia “Selfie”, com Mateus Solano e Miguel Thiré

REDES SOCIAIS: Siga a nossa página no Instagram

PUBLICIDADE

Leia Também

PUBLICIDADE
Assine nossa newsletter e receba todo o nosso conteúdo em seu e-mail.