Tudo ao Contrário: devido à pandemia, Ceftem realiza evento beneficente neste ano via Internet

Do Rio Encena

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

A edição do Tudo ao Contrário em 2020 foi realizada no Teatro Riachuelo Rio Fotos: Letycia Miller/Divulgação

A quinta edição do “Tudo ao Contrário”, evento musical beneficente realizado pelo Ceftem (Centro de Estudos e Formação em Teatro Musical) não vai acontecer num palco, mas, sim, na Internet. Diante da pandemia do novo coronavírus, que vem impedindo atividades culturais no estado há mais de dois meses, a organização decidiu fazer uma versão online do projeto, que se chamará “Tudo Ao Contrário em Casa – Edição Especial Viva o Teatro”. A exibição acontece nessa terça-feira (26), a partir das 21h, no canal no Youtube da Aptr (Associação dos Produtores de Teatro do Rio), como parte da mostra que a associação está promovendo em prol de profissionais de teatro sem renda durante o isolamento social.

— É uma grande honra levar o “Tudo ao Contrário” a essa ação tão importante, e necessária, realizada pela Aptr — Reiner Tenente, coordenador e fundador do Ceftem, e responsável pela coordenação geral do evento.

Devido às circunstâncias, a edição desta ano, que terá direção de João Fonseca e direção musical de Tony Lucchesi, será composta por números inéditos e outros já gravados. E como o título já sugere, as apresentações serão protagonizadas por artistas interpretando personagens do sexo oposto. Ou seja, homens em papéis femininos e mulheres, em masculinos.

Para a edição especial deste ano, estão confirmados nomes como Amanda Acosta, Andre Dias, Caike Luna, Claudia Netto, Claudio Lins, Evelyn Castro, Estrela Blanco, Gabriel Leone, Gottsha, Izabela Bicalho, Helga Nemetick, Jarbas Homem de Mello, Jorge Maya, Kacau Gomes, Laila Garin, Lilian Waleska, Leticia Soares, Marcelo Varzea, Marya Bravo, Malu Rodrigues, Myra Ruiz, Ney Latorraca, Reiner Tenente, Soraya Ravenle, Stela Maria Rodrigues, Tadeu Aguiar, Tati Lopes, Thiago Machado, Thelmo Fernandes, Tiago Abravanel e Wladimir Pinheiro, entre outros.

Em 2019, o “Tudo ao Contrário”, que foi idealizado por Caio Loki em 2016, aconteceu no Teatro Riachuelo Rio. Toda a verba arrecada foi revertida para a Sociedade Viva Cazuza, que oferece apoio a pacientes portadores do vírus HIV/Aids.

“Tudo Ao Contrário em Casa – Edição Especial Viva o Teatro”
Quando: Terça (26/05) às 21h
Classificação: 12 anos
Onde: Youtube da Aptr – Acesse aqui

PUBLICIDADE
Scroll Up