Busca
Menu
Busca
PUBLICIDADE

‘Gabriel só quer ser ele mesmo’ é um infantil para crianças e adultos também

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
35 anos, bacharel em Artes Cênicas pela UNIRIO, licenciada em Letras pela Estácio de Sá, atriz, escritora, tradutora e ávida leitora nas horas vagas.
Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Quando eu era mais nova, conheci uma pessoa que me incentivou a ser eu mesma. Pessoas assim são importantes na vida da gente, aquelas que a gente nunca esquece. Nem todo mundo tem a mesma sorte que eu tive, de na infância encontrar alguém que nos incentiva a sermos nós mesmos. E é bonito também ver um espetáculo tratando desse tema.

De uma maneira muito cruel, no mesmo dia em que assisti a essa peça pela primeira vez, em fevereiro de 2020, no SESC Tijuca, quem me ensinou a ser eu mesma, minha melhor amiga por 25 anos, faleceu. Por inúmeras razões, sendo esta perda uma delas, eu precisava assistir ao espetáculo mais uma vez.

Em “Gabriel só quer ser ele mesmo”, a autora Renata Mizrahi coloca no texto a delicadeza característica da sua dramaturgia. “Criança brinca com o que quiser, esse é meu ponto de vista”. Concordo! É importante lembrar que não deveríamos focar em educação infantil diferenciada para meninos e meninas, e, sim, em uma educação infantil focada em educar pessoas. E o texto da Renata faz isso muito bem.

Gabriel tem o mesmo medo que muitas crianças têm, o de que ninguém apareça na sua festa de aniversário. Em flashback, vamos acompanhando a vida do menino e conhecendo seus colegas de escola, os professores, mãe e outros adultos com quem ele interage. E, claro, os discursos destas pessoas e como Gabriel lida com elas. Afinal, ele gosta de balé, o que muita gente, ignorantemente, considera uma atividade só para meninas.

Só que Gabriel é um rapaz incrível. Vemos nele suas referencias de criação e seu entendimento de mundo. Gabriel é extremamente bem resolvido com seus oito anos. Sim, existem pessoas assim. Eu mesma conheci uma quando nós duas tínhamos nove anos de idade.

Toda a peça tem o tom de uma grande festa de cores. Mina Quental cria um cenário colorido, como peças de um jogo que mudam de imagens, ficando ainda mais coloridas e encantando os olhos. Flávio Souza faz um figurino que parece pronto para brincar e dançar, como confortáveis roupas de crianças.

Paulo Verlings (C) interpreta o protagonista Gabriel Foto: Dalton Valério/Divulgação

Na iluminação, Ana Luzia Molinari segue o mesmo tom alegre e de cores, brincando até com bastões luminosos de LED coloridos no cenário. Um show visual à parte!

Além do texto, Renata Mizrahi também assina a direção com Priscila Vidca. Já a trilha sonora de Marcelo Resende, por 50 minutos, nos bombardeia com boas melodias que deixam no chinelo qualquer reclamão do gênero.

Fora o protagonista Gabriel, vivido por Paulo Verlings, os cinco outros atores do elenco fazem inúmeros papéis, desde momentos retratados em flashbacks até o presente momento do aniversario de Gabriel. Fechando o elenco, temos ainda Aline Carrocino, Marcos França, Nathália Colón, Udylê Procópio – que tem as melhores danças e Clara Santhana, que chama minha atenção com o jeito com que brinca com a sua voz, principalmente, como Lúcia e Yasmim.

“Gabriel só quer ser ele mesmo” é uma ótima peça para crianças de todas as idades e para os adultos também.

Um aceno de mãe efusivo e até a próxima semana.
Dúvidas, críticas e sugestões, envie para luciana.kezen@rioencena.com.

SERVIÇO

Local: Teatro Petra Gold / Plataforma Sympla Streaming | Endereço: Rua Conde Bernadotte, Nº 26 – Leblon. | Telefone: (21) 2529-7700 | Sessões: Sábados e domingos às 16h; sessão extra dia 12 de outubro às 16h. | Temporada: 02/10 a 31/10 | Elenco: Aline Carrocino, Marcos França, Paulo Verlings, Nathália Colón, Udylê Procópio e Clara Santhana | Direção: Renata Mizrahi e Priscila Vidca | Texto: Renata Mizrahi | Classificação: Livre | Entrada: R$ 50 (inteira); R$ 25 (meia); R$ 20 (online) | Bilheteria: Sympla | Gênero: Musical infantil, Musical | Duração: 50 minutos | Capacidade: 117 lugares


“Feriadão do Dia das Crianças”: confira infantis em cartaz até terça

PUBLICIDADE

Leia Também

PUBLICIDADE
Assine nossa newsletter e receba todo o nosso conteúdo em seu e-mail.