Busca
Menu
Busca
PUBLICIDADE

Mais uma reabertura: Sesc Copacabana recebe peça musicada sobre primeira bailarina negra do Theatro Municipal do Rio

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Tempo estimado de leitura: 2 minutos
A atriz Ariane Hime, em cena de “Mercedes” Foto: Julio Ricardo/Divulgação

RIO – Um dos espaços mais movimentados do circuito teatral do Rio de Janeiro antes da pandemia, o Sesc Copacabana reabre nesta sexta-feira (05). Produção do Grupo Emú, o drama musicado “Mercedes”, que fica em cartaz até o próximo dia 28, relembra a história de Mercedes Ignácia da Silva Krieger (1921-2014), primeira bailarina negra a integrar o corpo de baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e uma das maiores representantes da cultura afro-brasileira no mundo.

Com uma linguagem cênica peculiar à estética negra, a montagem, uma mistura de fatos reais e fictícios da vida de Mercedes, é resultado de uma pesquisa sobre os movimentos coreográficos criados pela própria bailarina, de formação erudita, utilizados como signo corporal-interpretativo. Com isso, o elenco encabeçado por Ariane Hime conduz toda a encenação através da união entre teatro, dança e música.

Considerada ainda a principal responsável pela disseminação das alas coreografadas do Carnaval carioca, Mercedes Baptista (seu nome artístico) se apresentou no Theatro Municipal na década de 40, antes dos 30 anos. Já em 1950, tornou-se membro do Conselho de Mulheres Negras. No mesmo ano, foi para os Estados Unidos, onde estudou dança e ensinou balé para grupos de estudantes do gênero.

Exposição

Paralelamente à temporada do espetáculo, estará aberta ao público, também na unidade do Sesc em Copacabana, a exposição “Mercedes Baptista: a dama negra da dança”. A instalação fica disponível durante a semana (exceto às segundas), gratuitamente, entre 10h e 19h, até 30 de novembro.

SERVIÇO

Local: Sesc Copacabana | Endereço: Rua Domingos Ferreira, Nº 160 – Copacabana. | Telefone: (21) 2547-0156 | Sessões: Sextas, sábados e domingos, às 19h | Temporada: 05/11 a 28/11 | Elenco: Ariane Hime, Drayson Menezes, João Nazaré, Paula Pardon, Tatiana Henrique, Tuany Zanini e Sol Miranda | Direção: Juracy de Oliveira e Thiago Catarino | Texto: Cássio Duque e Sol Miranda | Classificação: 12 anos | Entrada: R$ 30 (inteira); R$ 15 (meia); R$ 7,50 (comerciários) | Bilheteria: Não informada | Gênero: drama, Dança | Duração: 70 minutos | Capacidade: Não informada


EM CARTAZ: Confira a programação teatral do Rio

PUBLICIDADE

Leia Também

PUBLICIDADE
Assine nossa newsletter e receba todo o nosso conteúdo em seu e-mail.