Busca
Menu
Busca
PUBLICIDADE

Rio anuncia medidas de flexibilização para setembro; previsão é de liberação do uso de máscaras em locais abertos em novembro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
-  Atualizado em 29-07-2021 às 17:50
Tempo estimado de leitura: 2 minutos
Paes em evento que divulgou o plano de flexibilização da prefeitura para setembro Foto: Beth Santos/Prefeitura Rio

RIO – O prefeito Eduardo Paes anunciou na tarde desta quinta-feira (29) uma série de medidas de flexibilização para o Rio de Janeiro a serem postas em prática a partir de setembro. O plano, batizado como “Rio de Novo, um ano de reencontros”, prevê aberturas em diversos setores (inclusive, na cultura), a criação de um feriado e a meta de vacinação de 90% da população adulta, além da liberação do uso de máscaras em espaços abertos ainda em 2021.

Sobre o feriado, que se chamará “Dia do Reencontro”, a ideia é que 02 de setembro entre para o calendário da capital fluminense a partir de 2022, através de projeto de lei, para que se comemore anualmente o fim da pandemia. No entanto, o prefeito ressaltou que tais medidas de flexibilização não significam que os cuidados contra a Covid-19 devam ser deixados de lado.

— A gente quer fazer (com a implementação do feriado) um ano de celebração do fim da pandemia. Mas é fundamental que as pessoas continuem se cuidando, para termos uma alta cobertura vacinal — declarou.

Ainda na primeira semana de setembro, se tudo correr dentro do esperado, o setor cultural deverá contar com manifestações culturais e artísticas em centenas de pontos (com prioridade para artistas locais) e atividades ao ar livre em equipamentos culturais do município.

Outra importante meta é que estádios de futebol, danceterias, boates, casas de show e festas em espaços fechados sejam reabertos com 50% da capacidade, a ser ocupada somente por quem estiver com o esquema vacinal completo – a expectativa é que, a esta altura, 45% da população acima dos 18 anos esteja imunizada com duas doses ou dose única.

OUTRAS MEDIDAS PROGRAMADAS PARA SETEMBRO

  • ponto facultativo na sexta-feira (03/09)
  • ruas fechadas para o trânsito e liberadas para lazer
  • polos gastronômicos abertos para eventos
  • meia-entrada nos principais pontos turísticos
  • iluminação de pontos famosos
  • iluminação, projeção e apresentações musicais
  • mapping e orquestra nos Arcos da Lapa
  • programação especial na Cidade das Artes e na Cidade do Samba
  • atuação de DJs em diversos pontos da orla
  • atividades nas vilas olímpicas
  • Taça Renasce Rio: partida comemorativa, a princípio no Maracanã, com 50% da capacidade
  • Torneio de futebol solidário em comunidades
  • jogos em botequins
  • meditação, tai chi chuan e yoga em locais ao ar livre

— (A ideia) É fazer exatamente o mesmo quando lançamos o primeiro calendário de vacinação: dar um norte de quando poderemos ter uma vida normal. Sabemos das imprevisibilidades, mas, ao olhar outras partes do mundo, é possível fazer uma previsão — pontuou Paes.

Já em outubro, a prefeitura espera liberar 100% da capacidade para estádios, mas também para danceterias, boates, casas de show e festas em espaços fechados.

Por fim, em novembro, a expectativa é pela liberação do uso de máscaras, que passaria a ser obrigatório somente em transportes públicos e unidades de saúde. A livre circulação, sem restrição de capacidade e distanciamento, também deverá estar autorizada a esta altura.


R$ 20 MILHÕES PARA 300 PROJETOS : Prefeitura do Rio lança edital de fomento à cultura

PUBLICIDADE

Leia Também

PUBLICIDADE
Assine nossa newsletter e receba todo o nosso conteúdo em seu e-mail.